Esse ano, com a graça da Santinha, eu emplaco meu quadragésimo nono Círio de Nazaré. Seguramente devo lembrar-me de uns trinta e muitos. Mas a Nazinha perdoa porque sabe que, até os dez anos de idade, o moleque tá pensando mais no Dia das Crianças que, eventualmente, cai no segundo domingo de outubro, do que na nossa gloriosa procissão. Tentei buscar nos arquivos da memória a lembrança mais distante e encontrei um turbilhão de sentimentos e saudades. O engraçado é que a primeira imagem que me vem na cachola quando o meu “Google” interior revira os confins da minha alma, é a imagem de meu pai que, se não era católico praticante, era um devoto fanático das imagens do Círio, com os audiovisuais abençoados que filmava em super oito e editava em uma moviola doméstica, sob os olhos atentos e curiosos de toda a família. A pré-estreia de cada filminho desses era concorridíssima, quase sempre prestigiada por parentes que vinham de fora do Pará, para os fartos almoços cirianos, regados a pato no tucupi e maniçoba, naturalmente, mas com muita batida de maracujá com cachaça de Abaeté feita pelo meu avô Adalberto. Cada um com suas habilidades e competências, não é? Em uma dessas produções, com toda experiência adquirida ao longo dos meus doze anos de idade, fui contratado pelo papai como repórter. Profissional como sou, me lancei ao desafio com toda a obstinação e, em plena Avenida Nazaré, entrevistei promesseiros bem pertinho da sua dor. Sofri junto com eles, chegando às lágrimas em quase todas as entrevistas. Isso me fez desistir, imediatamente, da promissora carreira que se apresentava naquele momento. Reza a cartilha de todo bom repórter que a emoção e razão devem caminhar em procissões opostas. E, comigo, ambas seguiam atadas na mesma corda. Hoje, ao rever esse super oito da vida, os olhos marejaram novamente. O que abranda a saudade que sinto do meu cinegrafista, editor chefe, sonoplasta e roteirista preferido, é a certeza de que esse ano ele vai estar lá de novo, bem do alto, fazendo lindas imagens aéreas da gente.

Anúncios